bren

o futuro é brilhante

Sempre acreditamos no design enquanto instrumento de transformação. Para fazermos a diferença e colaborarmos para que o mercado de Luxo esteja cada vez mais conectado com os nossos tempos, abrimos nossa agenda para discutir as questões sociais, ambientais e culturais de nossa cadeia de valor. Quando olhamos para dentro do nosso país, percebemos não haver riqueza maior em nosso entorno do que a nossa própria Cultura. E que a partir desse olhar atento podemos fazer melhorias e impactar de forma positiva o planeta e as pessoas.

Unindo ética e estética com a expertize do Portal ECOERA, iniciamos nossa primeira experiência empírica com as mulheres indígenas Wai Wai do Projeto Kaapu. Trata-se de um trabalho de investigação a partir da produção colaborativa de objetos de design. Buscamos com isso experimentar novas possibilidades de interação entre métodos, técnicas, processos e materiais de culturas brasileiras originárias e o nosso universo criativo. Acreditamos que evidenciar nossos pontos de encontro e nossos lugares de distinção, pode não apenas nos revelar uma enorme potência criativa, mas também nos apresentar novas possibilidades de nos relacionarmos com nosso meio.

Os tempos são outros e a compreensão que temos sobre o Luxo talvez precise ser ampliada para poder alcançar lugares onde talvez nem mesmo nós ainda chegamos; e para que desses lugares o Luxo também possa surgir. São culturas que precisam ser conhecidas pelo mundo para que possam continuar existindo e acontecendo. Precisamos valorizar nossos tesouros naturais e manuais, além de colaborar com a qualidade de vida de comunidades artesãs por todo nosso Brasil. Com essas parcerias, esperamos que cada vez mais o mundo possa ter acesso a essas culturas e que cada vez mais essas culturas possam ter acesso ao mundo.

Não temos, porém, a pretensão de apresentar um caminho traçado, porque esse caminho é justamente um processo em construção. Mas sabemos que esse caminho passa pelo respeito às culturas, pela proteção ao meio ambiente, pelo apoio ao desenvolvimento econômico local dessas comunidades, pela defesa de questões sociais históricas em nosso país e, acima de tudo, pela necessidade de superarmos a escala individual de nossas ações.

Estamos apenas começando, porque para nós o futuro é agora e ele pode e deve ser brilhante para todos!